Capital Fashion Week - dias 3 e 4



Já falei sobre o primeiro e segundo dia de Capital Fashion Week. Hoje mostro para vocês um pouco do que foram os dois últimos dias da semana de moda!
No 3° dia, sexta-feira (15), conferi os desfiles da noite — a tarde as marcas Galeria Andante, Vento Radical, Rapha Fitnes, La Shoes e Umana se apresentaram —, começando com as fofuras da Bia Balu. Não teve quem não se rendesse aos vestidos de festa delicados e com carinha de infância, nada de looks ‘mini adultos’ que têm sido tão vistos por aí ultimamente.






A Désirée também trouxe trajes festivos, mas para adultos. A coleção, inspirada no mar, começou em tons claros e foi até os azuis escuros e pretos, para fazer alusão também aos mistérios dos oceanos. Os bordados foram o que mais me chamaram atenção, estavam riquíssimos! Outro chamariz foi a performance da estilista da marca, Stephanie Paula, que pintou um quadro em minutos, durante todo o desfile, apresentando-o ao final.





Rafael Siqueira inspirou-se na ginástica rítmica para criar sua coleção. Para entrar no clima, o desfile começou com uma apresentação de ginastas. Todas as peças lembravam os collants usados pelas atletas nas competições.





A coleção ‘Liebe’, de Sandra Lima, trouxe muito rosa para a passarela. Apesar de ter curtido algumas peças, principalmente pelo shape estruturado, achei um pouco repetitivo pois o mesmo tecido foi aproveitado em vários looks.


Fechando a noite, a Zinc trouxe o nordeste para o CFW. Falei desse desfile no último post. (veja AQUI)



No sábado (16), último dia de desfiles do CFW, pude conferir a programação desse o começo.

A primeira marca a desfilar foi a Difuzi, que utilizou tecidos como a seda pura, linha, renda e viscose.




Embalada pelo clássico ‘Faroeste Caboclo’, da Legião Urbana, a marca Santa Porcina também inspirou-se nos ipês de Brasília — como fez a Apoena no 1° dia —, mas dessa vez a referência ficou na cartela de cores, recheada com rosa, roxo e amarelo.



A linha infantil da estilista Anna Paula, a Osório Princesas, abusou dos tons pasteis. Curti muito os looks compostos por regatas em malha de strass e saias amplas.


A Concretamente Brasília, grupo que desenvolve diversos trabalhos artesanais, chamou atenção com um desfile muito animado. Ao final, os artesãos invadiram a passarela, claramente emocionados ao verem o trabalho reconhecido pelo público. Amei o look de crochê!

Formas inusitadas e muitas cores foram os destaques da Psiquê.
 



A Muv Shoes também deu show! Uma apresentação de dança abriu os trabalhos e enquanto os tênis da marca eram desfilados, músicos tocavam ‘I Want You Back’, do Jackson Five (grupo formado por Michael Jackson e os irmãos na infância do astro).



Tons vibrantes e materiais como o couro — ornado com entalhes —, foram mostrados pela Casamoda Deluxe. Achei o desfile com uma pegada latina, principalmente pelos babados.



Hermusche apresentou um desfile mais conceitual, com estampas abstradas e recortes incomuns — longos na frente e curtos atrás.





Fotos: Lurian Leles/ Blog Biquíni de Bolinha


Jeans, moletom e renda renascença foram matérias-primas para Romildo Nascimento, que encerrou a temporada 2014 de desfiles do CFW.  Os looks inspiravam conforto e têm tudo para caírem nas graças dos brasilienses.

2 comentários:

  1. Foi uma semana muito boa! Cansativa, mas já estou no aguardo da próxima edição.
    xD

    ResponderExcluir